Surgimento de uma nova espécie a partir da fusão de dois ou mais seres distintos. A teoria de Lynn Margulis, por exemplo, sobre o surgimento dos seres eucariontes envolve uma simbiogênese. Por causa do "holocausto do oxigênio", em que, por causa das cianobactérias (fotossintetizantes e produtoras de gás oxigênio), a atmosfera começou a ficar mais rica em oxigênio, causando a oxidação de muitos materiais e a morte de muitos seres anaeróbicos (que não utilizam gás oxigênio). Dessa maneira, o único recurso de sobrevivência desses seres foi a união em um único ser que não fosse afetado pelo oxigênio. Essa fusão bacteriana teria formado, pode-se dizer, uma "bactéria moderna", que possui núcleo (portanto, carioteca). Esse ser eucarionte primitivo então fundiu-se a uma bactéria aeróbica, que ficou responsável por sua respiração e hoje é conhecida como a organela mitocôndria.