Os principais tipos de seleção natural são:

  1. Estabilizadora: ocorre em ambientes estáveis, onde os indivíduos estão bem adaptados. Estes tipo de seleção reforça este tendência, fazendo com que os indivíduos médios sobrevivam. Por exemplo: Bêbes grandes ou pequenos demais têm menos chance de sobreviver que um bêbe normal.
  2. Seleção Direcional: Ocorre quando há mudanças ambientais e um fenótipo antes desfavorável passa a ser favorecido. Por exemplo: As bactérias que sobreviem após a dose de um antinbiótico passam a ser favorecidas, então, reproduzem-se passando tais características à prole.
  3. Seleção Dispruptiva: favorece os indivíduos com características extremas, enquanto os médios são desfavorecidos. Um possível exemplo deste tipo de selção seria: em uma certa comunidade de pássaros a qual consumisse apenas dois tipo de alimentos: sementes duras e larvas escondidas na madeira. Seriam favorecidos os passáros com bicos finos, pois conseguiriam arrancar as larvas da madeira e os com bicos grandes, os quais conseguiriam quebrar a semente, enquanto os pássaros com bicos médios não conseguiriam pegar alimento.
  4. Seleção Sexual: este tipo de seleção ocorre quando os indivíduos de um sexo(geralmente as fêmeas) preferem se acasalar com parceiros de determinada característica. Por exemplo: em uma espécie de pássaros na qual a plumagem azul seja prefirível pela fêmea.