Gradualismo Filético é a evolução (de acordo com o pensamento de Darwin) lenta e contínua, com seres vivos se adaptando gradualmente aos ambientes. Os atuais cientistas passaram a questionar esta ideia, pois hoje em dia sabem que, em alguns casos, grandes mudanças evolutivas podem acontecer de modo relativamente rápido. Eles se baseiam em dois fatos para o questionamento de tal ideia:

1- Os fósseis não apresentam sucessão de mudanças graduais dos mais antigos para os mais recentes, mostram somente grande descontinuidade, com variações parecendo surgir de repente ao longo do tempo evolutivo.

2- Existem muitas espécies diferentes, mas se tivesse ocorrido apenas essa evolução gradual e constante, deveria-se esperar mais semelhanças e intergradações entre os seres vivos.